Suposta bomba é deixada em frente à escola com recado para aluna de 4 anos

Uma mulher foi conduzida para a delegacia após confessar ter colocado uma embalagem de presente com um bilhete escrito “bomba” na frente da escola infantil Tia Aline, localizada no bairro de Fazenda Grande III, em Salvador. A suspeita de bomba assustou os alunos, funcionários e moradores da região, na manhã desta quarta-feira (25). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a mulher reside em frente a instituição de ensino e aparenta sofrer de transtornos mentais. O falso presente seria para uma aluna de 4 anos, que estuda na escola. Equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar foram acionados e descartaram a existência de bomba. “Seguimos os protocolos. Um policial colou o traje para esse tipo de ocorrência e analisamos o material com equipamento de raio X. Quando percebemos que estava vazia abrimos”, detalhou o comandante da Companhia Antibombas do Bope, capitão Érico de Carvalho. Ainda segundo a SSP, o material será encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para coleta de impressões digitais.