Sobe para 25 número de mortos em atentado na Somália

Subiu para 25 o número de mortes confirmadas em Mogadíscio, capital da Somália, na explosão de dois carros-bomba e no posterior ataque de um comando do grupo jihadista Al Shabab em um hotel da cidade. O novo total foi informado neste domingo (29) pelo governo do país. O ataque aconteceu pouco antes de uma importante reunião de segurança que seria realizada pelo governo, e provocou a destituição dos chefes da polícia e da inteligência somali. O primeiro carro-bomba explodiu na tarde do último sábado (28) na entrada do hotel Nassa-Hablood, muito perto do palácio presidencial, complexo que abriga a maioria dos escritórios do governo. Após a explosão, um comando de cinco terroristas entrou no hotel e disparou contra os hóspedes, matando vários deles. Os terroristas se esconderam durante horas no hotel, mas acabaram rendidos pelo exército somali. O segundo carro-bomba explodiu poucos minutos depois do primeiro nas imediações do jardim de Daljirka, muito perto do escritório central nacional da inteligência. Apesar da parcial informada pelo governo, o número de mortos pode continuar aumentando nas próximas horas devido ao grande número de feridos em estado grave. Entre as vítimas fatais estão alguns altos funcionários e políticos do país, entre eles, um deputado e um conselheiro do governo regional do Estado Sudoeste.