PTB indicará outro nome para Ministério; Roberto Jefferson insinua que cortará verba eleitoral

Antes da reunião em que o PTB decidiu manter a indicação de Cristiane Brasil (RJ) para o Ministério do Trabalho, o líder da bancada, Jovair Arantes (GO), reuniu aliados e avisou que, após o Carnaval, indicará outro nome ao governo, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo. Segundo a publicação, petebistas relatam que o pai de Brasil, Roberto Jefferson, insinuou que pode cortar verba do fundo eleitoral dos que têm se rebelado contra a indicação dela. Nesta semana, a parlamentar afirmou que é vítima de um julgamento político e pediu à presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, celeridade na análise dos questionamentos jurídicos que têm sido feitos à sua nomeação para o Ministério do Trabalho. Em nota à imprensa, a deputada disse que sofre “campanha difamatória” e que vai continuar se esforçando para provar que não cometeu “nenhuma ilicitude”. “Não devo mais nada à Justiça Trabalhista. Estou sendo julgada política [politicamente], e não juridicamente. Tenho a ficha limpa. Mas, infelizmente, o meu julgamento superou essa esfera. Preciso que o STF decida essa questão, para que eu possa seguir minha vida política”, pediu a deputada. Indicada pelo presidente Michel Temer há pouco mais de um mês para o cargo, Cristiane não tomou posse devido a uma série de decisões liminares, da primeira e segunda instâncias. Em entrevista à Rede TV, o presidente Michel Temer disse que vai aguardar a definição do STF, e prometeu uma reforma ministerial em abril, quando os ministros que querem disputar as eleições devem se desincompatibilizar dos cargos. “Ali vou verificar qual composição eu faço”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *