PF prende dois policiais civis por tráfico; delegados e inspetores são investigados

Seis pessoas – entre elas, dois policiais civis – foram presas em flagrante nesta quarta-feira (6) durante uma operação da Polícia Federal que investiga um suposto esquema criminoso de tráfico, extorsão e corrupção realizado por agentes da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), da Secretaria de Segurança Pública do Ceará. Ao todo, segundo a PF, três delegados, três inspetores e 10 escrivães da delegacia especializada são investigados. Pessoas que não são agentes públicos e colaboraram com o esquema também são investigados. Dos três delegados investigados na operação, dois foram afastados dos cargos: Patrícia Bezerra, diretora da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas; e Lucas Aragão, delegado-adjunto da Divisão. A terceira delegada, Ana Cláudia Nery, teve busca, condução coercitiva e remoção compulsória, ou seja, foi transferida – por decisão judicial – para outro setor, na área administrativa. O advogado Leandro Vasques, que representa os três delegados investigados, disse – por meio de nota – que somente irá se pronunciar após obter cópia integral do inquérito, mas afirma que não há qualquer comprometimento de nenhum dos delegados da polícia civil em nenhum ilícito.