Ministro das Cidades aguarda convenção do PSDB para decidir se sai do governo Temer

O deputado federal licenciado e ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), já sinalizou que pode abandonar o governo Michel Temer. O tucano disse que pode deixar o cargo, caso o seu partido escolha o nome para disputar o Palácio do Planalto já na convenção a ser realizada em dezembro. “Entrei no ministério a convite do presidente da República, no entendimento político de o PSDB contribuir para o avanço do País”, disse Araújo, conforme publicação do jornal O Estado de S. Paulo desta terça-feira (7). Em artigo publicado no início desta semana, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) defendeu a saída do seu partido do governo peemedebista. Para Araújo, FHC tem “autoridade moral importante” na sigla.