Flamengo toma virada na Argentina e precisa vencer no Maracanã

O Flamengo deu a falsa impressão de que traria um resultado bem melhor da Argentina quando Réver, no início do jogo, abriu o placar. Dali em diante, o time de Reinaldo Rueda pouco criou no estádio Libertadores da América. Foi envolvido pelo bom toque de bola do Independiente, que virou com gols Gigliotti e Meza – esse autor de um golaço – e venceu por 2 a 1. Na final da Sul-Americana não é utilizado o critério de gols fora de casa. Com isso, qualquer vitória do Flamengo no confronto de volta por um gol de diferença leva a decisão para prorrogação e pênaltis. O Independiente será campeão em caso de empate. Se o Rubro-Negro vencer por mais de um gol de diferença, leva a taça. O jogo de volta será na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã. Todos os ingressos já foram vendidos antecipadamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *