Blogueiro é condenado a indenizar Janot em R$ 37.500

A justiça de Brasília condenou o blogueiro Rodrigo Cadermatori, conhecido como Rodrigo Pilha, a indenizar em R$ 37.500 o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot. O blogueiro é também processado criminalmente. Rafael divulgou em seus perfis nas redes sociais a falsa informação de que Janot participara de uma reunião com o senador Romero Jucá (PMDB-RR) em um restaurante sofisticado da capital do país para costurar um acordo com o objetivo de preservar o presidente Michel Temer na Operação Lava Jato. Cadermatori terá de retirar do ar o vídeo que motivou o processo e não poderá tornar a veiculá-lo em qualquer outra mídia ou rede social. Além disso está obrigado a elaborar material a ser publicado em sua página com um texto de retratação. Cabe recurso.