Presidente do Grapiúna, Álvaro Castro fala no Resenha da Cidade

O presidente do Grapiúna Atlético Clube, Álvaro Castro, concedeu uma entrevista ao apresentador Roberto de Souza, nesta terça-feira (21), no programa Resenha da Cidade. Álvaro falou sobre a participação do Grapiúna na segunda divisão do Campeonato Baiano em 2018, projetos futuros para o clube, categorias de base, formato atual do campeonato, vistoria do estádio Luiz Viana Filho e diversos outros assuntos relacionados ao futebol local. Para ouvir a entrevista do presidente do Grapiúna, Álvaro Castro,  basta clicar no link abaixo:

Roberto de Souza entrevista Alvaro Castro

 

Otto alfineta corruptos, Roberto indaga e o senador se sai bem no Resenha da Cidade

“Confusão, confusão, confusão”, diria Roberto de Souza. A entrevista do senador Otto Alencar (PSD) no programa Resenha da Cidade do último sábado (18) gerou intensa repercussão, não somente na região, mas como na capital do estado também. Otto falou por mais de 40 minutos com a população da região através da Rádio Nacional e discorreu sobre diversos temas vinculados à politica e gestão a nìveis municipal, estadual e nacional. Em certo momento da entrevista, Otto critica a ambição desenfreada de alguns políticos baianos e que hoje estão passando por “maus lençóis”, diria o Senador, na entrevista. Roberto de Souza não perdeu tempo: “Está dando indireta pra alguém Senador?”. Melhor que parafraseá-los, é ouvir essa parte da entrevista, clicando no link abaixo, em que  o próprio Senador responde às “resenhas” de Roberto de Souza. Confira:

Roberto de Souza brinca com Otto Alencar no Resenha da Cidade e Senador se sai bem

 

Palmeiras está no mercado atrás de um técnico e Abel Braga é o plano A

Além de reforços, o Palmeiras está no mercado à procura de um novo treinador para 2018. E Abel Braga, do Fluminense, é o nome mais forte nos bastidores da Academia de Futebol. A irregularidade do time nas mãos do interino Alberto Valentim nas últimas rodadas do Brasileirão fez a diretoria repensar a estratégia para o comando da equipe na próxima temporada. Valentim, por sinal, recebeu nesta terça-feira (20) uma proposta da diretoria alviverde para continuar como auxiliar técnico na próxima temporada. Depois de muita expectativa, o Verdão, mesmo que conquiste o vice-campeonato brasileiro, terminará o ano pressionado. Não apenas pela manifestação da organizada palmeirense antes do jogo contra o Flamengo, quando pediu a demissão de alguns jogadores, mas também pela cobrança interna por um perfil diferente à frente do time. Até por isso, a ideia é de que não caberá uma nova aposta para o cargo no Palmeiras, algo como ocorreu com Eduardo Baptista e como seria com Alberto Valentim. O atual treinador tem grande apoio do elenco, mas a irregularidade da equipe e as falhas em momentos decisivos, principalmente contra times que lutam contra o rebaixamento, pesam para uma mudança. Na avaliação da diretoria palmeirense, Mano Menezes era o primeiro nome para suceder Cuca em 2018, mas o cruzeirense, após ser procurado pelo clube, optou por renovar seu vínculo com o clube mineiro. Até por isso, há cautela para uma nova investida. O nome de Abel Braga tem ganhado força nos bastidores do clube. Principalmente depois de o treinador deixar o seu futuro no Fluminense aberto, em entrevista coletiva na última segunda-feira. No Palmeiras, porém, há o entendimento de que o treinador precisa resolver seu futuro com o clube carioca antes de avançar em possível negociação – ele tem contrato até o fim de 2018. – Pelo ocorrido comigo na família (morte do filho mais novo), o Fábio (filho) parou de jogar. Foi criada a empresa 7 Braga Sport. Agora, depois de velho, passo a ter uma pessoa respondendo por mim. Ele não vai responder se eu vou ficar ou não. Quem vai dizer isso é o presidente. Mas sobre o que vem de outros clubes, quem responde é o Fábio. O Fábio já recebeu um telefonema. Quem responde é ele – disse o treinador, após a vitória do Flu sobre a Ponte Preta. A definição sobre quem será o novo treinador do Palmeiras interfere diretamente na chegada de reforços. As primeiras movimentações para 2018 são para surprir as principais carências do atual elenco, como a lateral esquerda (Diogo Barbosa já foi anunciado), mais uma opção para o sistema defensivo (Emerson Santos tem pré-contrato assinado), uma possível peça de reposição para o ataque (David, do Vitória, tem situação monitorada) e um camisa 10 (Lucas Lima tem acerto com o clube e deve jogar no Verdão na próxima temporada se não houver concorrência da Europa). As demais contratações dependem da avaliação da nova comissão técnica e passam diretamente pela escolha de um novo treinador. Com mais duas rodadas para o término do Campeonato Brasileiro, o clube trabalha para ter a definição desse nome até o fim da temporada.

Podemos anuncia desfiliação de deputado cotado para Ministério das Cidades

O deputado Alexandre Baldy (GO), cotado para assumir o Ministério das Cidades em substituição ao deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), que deixou a pasta na semana passada, deverá deixar o Podemos e se filiar provavelmente ao PP. Nesta segunda-feira (20), por meio de nota, a presidente do Podemos, deputada Renata Abreu (SP), anunciou que está desligando o deputado Baldy dos quadros do partido. Ainda não há pronunciamento do Palácio do Planalto confirmando a ida do deputado para o ministério do governo Temer. Em nota, a presidente Renata Abreu anunciou a desfiliação de Baldy e falou da posição de independência do partido em relação ao governo. “O Podemos anuncia a saída, do partido, do deputado Alexandre Baldy, que assumirá pasta no governo do presidente Michel Temer. O ingresso no ministério é incompatível com a posição de independência do Podemos em relação ao governo federal e com o projeto político que propõe uma alternativa para o país, com a pré-candidatura de Alvaro Dias à Presidência. Por isso, o partido já trata de sua imediata desfiliação, desejando boa sorte ao parlamentar”.

Janot dispara contra novo diretor da PF: ‘Pau mandado do governo’

O ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, não ficou calado depois que viu o novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, fazendo críticas às delações premiadas dos executivos da JBS. Os acordos de delação dos dirigentes da empresa culminaram em duas denúncias contra o presidente Michel Temer (PMDB). Nesta segunda-feira (20), Segovia disse que a investigação foi encerrada antes do tempo e que mala apreendida com o ex-assessor do presidente Rodrigo Rocha Loures não serviria como prova. De acordo com publicação do jornal O Globo, Janot diz que Segovia desconhece as leis e menospreza o trabalho da própria Polícia Federal. “Ele é mesmo um pau mandado”, disparou Janot.

PF deflagra 47ª da Lava Jato na Bahia e em outros três estados

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (21) a 47ª fase da Lava Jato. Os agentes estão nas ruas para cumprir 14 mandados judiciais na Bahia, Sergipe, Santa Catarina e São Paulo. Batizada de Sothis, a ação investiga empresas e sócios suspeitos de atuação em um esquema de repasses ilegais de uma empreiteira para um funcionário da Transpetro, subsidiária da Petrobras, em troca de contratos na estatal brasileira. Do total de mandados, oito são de busca e apreensão e um, na Bahia, é de prisão temporária. Outros cinco mandados são de condução coercitiva.

Projeto para enfrentamento do Aedes Aegypti em Itabuna é aprovado pelo Ministério da Saúde

Itabuna já tem projeto de Educação em Saúde Ambiental para o enfrentamento do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya no município. A proposta encaminhada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Itabuna foi aprovada na última sexta-feira (17), conforme edital divulgado pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa) do Ministério da Saúde. O coordenador de combate às endemias da SMS, Roberto Góes, explicou que o edital foi aberto em nível nacional, com o objetivo de reforçar a educação ambiental em saúde para o combate ao mosquito nos estados e municípios. Tem a pretensão ainda de, além de promover a saúde e contribuir com a melhoria da qualidade de vida das populações, reduzir os indicadores das arboviroses provocadas pelo vetor, incluindo a zona rural do município. Roberto lembra que o município vem realizando diariamente, ações de combate e controle do Aedes aegypti por meio de atividades em campo e de conscientização junto às comunidades dos bairros de Itabuna. O trabalhou resultou na queda de 8% no índice de infestação do Aedes aegypti, saindo de 23.3% para 15.3% segundo o Levantamento do Índice Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (Lira), realizado entre  os dias 30 e 31 de outubro e 1º de novembro no município.Mas para o coordenador, os números continuam altos, muito além do índice de aceitação do Ministério da Saúde, que é abaixo de dois por cento. Roberto diz que o incentivo do governo federal vai contribuir para o enfrentamento ao inimigo transmissor das arboviroses. “Por mais que os agentes de endemias trabalhem rotineira e diariamente em todas as residências para o combate ao mosquito e a eliminação de larvas, se cada família não colaborar, será difícil o controle, daí a importância projeto de Educação em Saúde Ambiental, para que possamos sair da linha de risco de uma futura epidemia”, disse Roberto. Para concluir, o coordenador destaca que o prefeito Fernando Gomes, junto com a secretária de Saúde, Lísias Miranda, tem a preocupação de assegurar uma saúde de qualidade para todos, começando com a promoção à saúde, ao invés do tratamento das doenças que além de caro, é penoso para o paciente.

Ex-gerente da Transpetro é preso em Camaçari na 47ª fase da Lava Jato

Uma pessoa foi presa na Bahia, nesta terça-feira (21), na 47ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Sothis. O preso é José Antônio de Jesus, ex-gerente da Transpetro, que foi localizado em sua casa na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. De acordo com a Polícia Federal, além do mandado de prisão temporária, estão sendo cumpridos na Bahia quatro mandados de busca e apreensão e dois de condução coercitiva. O ex-gerente e seus familiares e intermediários são suspeitos de operacionalizarem o recebimento de R$ 7 milhões de propinas pagas por empresa de engenharia, entre setembro de 2009 e março de 2014. Ele será levado para a Superintendência da PF em Curitiba. As investigações apontam que o ex-gerente recebeu suborno para favorecer empresas em contratos com a Transpetro. Para despistar a origem do dinheiro, os valores foram depositados nas contas bancárias de parentes e pessoas próximas. O valor, aponta a investigação, era pago mensalmente em benefício do Partido dos Trabalhadores. Segundo o procurador da República Athayde Ribeiro Costa, “houve um esquema político-partidário contínuo e duradouro na Transpetro, como na Petrobras. Os crimes praticados na Transpetro são uma nova frente de investigações da Lava Jato”. “Este valor foi pago mensalmente em benefício do Partido dos Trabalhadores (PT), de modo independente dos pagamentos feitos pela mesma empresa a pedido da presidência da Transpetro, e que eram redirecionados ao PMDB. O ex-gerente se desligou da subsidiária da Petrobras recentemente”, disse o Ministério Público Federal.

Sesttran realiza mais uma ação de fiscalização educativa na cidade

Mais um trabalho de fiscalização educativa foi realizado nesta segunda-feira (20) pela Coordenação de Educação, da Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito (Sesttran), com o apoio das Diretorias de Trânsito e de Transportes, além da Guarda Civil Municipal. A ação educativa ocorreu na Av. Amélia Amado, em frente ao Colégio Ação Fraternal de Itabuna (AFI). O secretário Cláudio Dourado ressalta que já é perceptível mudanças no comportamento dos motoristas em Itabuna e lembra que gradualmente já são visualizados mais condutores parando nas faixas e priorizando a travessia dos pedestres. Dourado enfatiza, que após a publicação da Resolução Nº 706/2017, do Conselho Nacional de Trânsito – Contran, no Diário Oficial da União, no último dia 27.10.2017 (que regulamentou os procedimentos para autuar e multar pedestres e ciclistas por infrações cometidas no trânsito), a Sesttran já começa a se preparar para a realização de trabalhos educativos, também junto a este público. O prazo de implantação das novas regras é de 180 dias, de acordo com a Resolução 706/2017 do Contran. Durante o trabalho de fiscalização educativa de hoje foram contabilizados 170 condutores abordados e 48 autuados. A coordenadora de Educação para o Trânsito da Sesttran, professora Elessandra Bispo, destaca que as atividades educativas do órgão este ano tiveram início em março e já contabilizaram mais de 10.000 veículos abordados, levando mais de 2.100 condutores autuados à sala de aula para participar de palestras educativas que são ministradas na Sesttran, todas as sextas-feiras. Para Elessandra, a expectativa é que até dezembro de 2017, 2.500 condutores autuados participem da atividade, em sala de aula.